sábado, 20 de junio de 2009

Las Palabras

Las palabras son como hojas
No saben cuando están fuera de lo real,
Por ejemplo la palabra silencio,
Comienza por un "s" y quiere decir otoño,
Es la menos mortal.
Otras
A veces atraviesan las hojas de la noche
Y ponen su oído en el mar
Que se escribe con tres letras
Como
Tres escalones
Sagrados
Esta quiere decir eternidad
Purísima alegria.



Poema de: Maria Azenha (Blog Bosque Azul: http://coracaoazul-mariah.blogspot.com/)

2 comentarios:

Maria Costa dijo...

Um belo poema da poeta Maria Azenha, agradabilíssimo lê-lo em espanhol e saber que o mesmo pousou nesse lado do oceano.

"A veces atraviesan las hojas de la noche
Y ponen su oído en el mar...
"

luis enrique dijo...

Olá Maria,

Explico, este blog é de uma amiga minha do facebook, Margarita Parada, ela é Chilena e escreve poesía também. Margarita não sabe criar um blog assim que eu ajudei ela a fazer um com a aprovação dela. Ela escreve e eu coloco o post aqui. Com relação ao poema da minha querida amiga Maria Azenha, pensei colocar aqui um poema dela do seu trabalho "O Mar Atinge-nos". Eu lhe falei a Margarita da minha querida Maria Azenha e do seu trabalho poético e por tanto decidí colocar este poema em espanhol porque margarita não entende o português. Acho que fiz bem a tradução, só que a palavra "apuram" não encontrei equivalente em espanhol, espero não ter alterado o sentido do poema. Em todo caso, Margarita adora a poesia de Maria Azenha.

Beijinhos e obrigada.